Share |

Sobre: Assembleia Municipal

Janeiro 24, 2012

O BE Cascais não pode deixar de manifestar a sua profunda preocupação pelos efeitos que terá no nosso concelho, em particular, e no país em geral o acordo de concertação social recentemente celebrado.

 Este acordo representa um retrocesso social e civilizacional para os trabalhadores e trabalhadoras, após conquistas de 35 anos pelos seus direitos sociais e económicos.

Março 3, 2011

O grupo Municipal do Bloco questionou a autarquia sobre os critérios de admissão no Centro Comunitário da Senhora da Boa Hora, no Estoril, equipamento construído em parceria com a Câmara e que deveria servir a população mais carenciada.

Janeiro 25, 2011

O Bloco de Esquerda apresentou uma proposta de recomendação à Assembleia Municipal de Cascais, no sentido de se recomendar à REFER o cumprimento do Regime de Acessibilidades às instalações públicas, particularmente no que diz respeito à implementação de rampas na nova estação de S. João do Estoril. A proposta foi rejeitada pela coligação Viva Cascais (PSD e CDS), colhendo os votos favoráveis do Bloco, CDU e do Presidente da Junta do Estoril.

Dezembro 7, 2010

A proposta de Orçamento e Grandes Opções do Plano da Câmara de Cascais para 2011 prevê um fundo de emergência social para responder à crise, a criação de um orçamento participativo e a revisão de alguns aspectos do funcionamento das Empresas Municipais. Embora tímidas, estas medidas aproximam-se de algumas das ideias defendidas pelo Bloco para a autarquia, motivo que justificou a abstenção bloquista na votação dos documentos.

Dezembro 2, 2010

A notícia de que a população mais carenciada de Cascais não poderá  vir a utilizar o Residência Sénior que a delegação da Costa do Estoril da Cruz Vermelha está a construir com apoio camarário, motivou um conjunto de questões do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal. António Capucho não respondeu à interpelação bloquista.