Share |

Sobre: Assembleia Municipal

Junho 5, 2019

Os grupos municipais do Bloco de Esquerda (BE) e do Partido Socialista (PS) apresentaram
um requerimento conjunto a requerer a marcação de uma assembleia municipal
extraordinária, sendo da iniciativa do Bloco a introdução de um ponto sobre o "Bairro
Irene- Processos judiciais pendentes e demais informações veiculadas pela comunicação
social (TVI - Reportagem Ana Leal)".

Março 1, 2019

A moção "Pelo combate à violência de género" apresentada pelo grupo municipal do Bloco na Assembleia Municipal de Cascais de 25 de Fevereiro de 2019 foi aprovada por unanimidade.

Março 1, 2019

Na assembleia municipal de Cascais de 25 de Fevereiro de 2019, o grupo municipal do Bloco questionou o executivo camarário sobre o que realmente se passa na Escola Secundária de Cascais e que soluções estão a ser preparadas pela Câmara de Cascais.

Fevereiro 1, 2019

Na assembleia municipal de Cascais de 29 de Janeiro de 2019, o deputado municipal do Bloco, Miguel Oliveira, reafirmou que o Bloco nunca deixará de "lutar pela eco-sustentabilidade ambiental, nem pela defesa do património público para usufruto público" e denunciou a política "de saque" do Executivo Camarário PSD/CDS de entrega a "uns poucos bem escolhidos num grupo cada vez mais restrito, aquilo que é público", de que a cedência de terrenos à Associação Chabad Portugal de perto de cinco mil metros quadrados na Costa Guia é mais um exemplo.

O deputado municipal do Bloco referiu, ainda, que esta situação é, também, um exemplo da "arrogância e prepotência" do Executivo Camarário PSD/CDS na governação da Câmara de Cascais, impondo este projeto "contra a vontade expressa dos cascalenses".

Dezembro 30, 2018

O Bloco de Esquerda apresentou na Assembleia Municipal uma recomendação saudando o dia internacional das pessoas com deficiência, e, entre outras coisas, apelando a que todas as entidades cumprissem a legislação vigente. Estranhamente, PSD e CDS/PP não aprovaram. Texto de Luís Salgado

Outubro 7, 2018

 COMUNICADO do Grupo Municipal do Bloco de Esquerda

“Perante a tragédia que assolou, e assola ainda, o município de Cascais, a área protegida da Serra de Sintra e o município de Sintra, o Bloco de Esquerda, através da sua concelhia de Cascais, vem solidarizar-se com todos os agentes de protecção civil, bombeiros e demais autoridades, e Sr. Presidente da Câmara tendo em vista a resolução desta situação grave que coloca em causa pessoas e bens e o património de todos nós, a área protegida de Sintra e Cascais."

Setembro 26, 2018

O grupo municipal do Bloco de Esquerda apresentou, na assembleia municipal de Cascais de 24 de setembro de 2018, uma proposta de Recomendação para o desdobramento das Secções de Voto na União de Freguesias (U.F.) de Cascais e Estoril. Esta U.F. é a maior freguesia do país quanto ao número de eleitores/as inscritos/as - 55 980 - mas conta apenas com 2 locais de voto diferentes que englobam 58 secções de voto.

Março 14, 2018

Sob proposta do Bloco de Esquerda foi aprovada por unanimidade a aplicação da Tarifa Social da Água, em Assembleia Municipal de 29 de janeiro de 2018, seguindo para o executivo camarário de Cascais sob a forma de recomendação.
Pretende-se com esta recomendação o estabelecimento de regras mais justas para o acesso à Tarifa Social da Água, em que tal como no sector de energia seja retirado o estigma da prova, por parte do munícipe, da sua insuficiência económica. Alarga-se o universo de beneficiários, pois são elegíveis para beneficiar da Tarifa Social as mesmas pessoas que beneficiam da Tarifa Social da Energia.

Janeiro 25, 2012

O Bloco de Esquerda de Cascais vem, uma vez mais, questionar a Câmara Municipal sobre graves situações a propósito do Hospital de Cascais.

Apesar de ser um Hospital recente e moderno, continua a instabilidade permanente.

O Bloco de Esquerda (BE) esta preocupado com a possível redução da actividade do Hospital de Cascais e o risco de dispensa de 200 profissionais.

Janeiro 24, 2012

O BE Cascais não pode deixar de manifestar a sua profunda preocupação pelos efeitos que terá no nosso concelho, em particular, e no país em geral o acordo de concertação social recentemente celebrado.

 Este acordo representa um retrocesso social e civilizacional para os trabalhadores e trabalhadoras, após conquistas de 35 anos pelos seus direitos sociais e económicos.

Março 3, 2011

O grupo Municipal do Bloco questionou a autarquia sobre os critérios de admissão no Centro Comunitário da Senhora da Boa Hora, no Estoril, equipamento construído em parceria com a Câmara e que deveria servir a população mais carenciada.

Janeiro 25, 2011

O Bloco de Esquerda apresentou uma proposta de recomendação à Assembleia Municipal de Cascais, no sentido de se recomendar à REFER o cumprimento do Regime de Acessibilidades às instalações públicas, particularmente no que diz respeito à implementação de rampas na nova estação de S. João do Estoril. A proposta foi rejeitada pela coligação Viva Cascais (PSD e CDS), colhendo os votos favoráveis do Bloco, CDU e do Presidente da Junta do Estoril.

Dezembro 7, 2010

A proposta de Orçamento e Grandes Opções do Plano da Câmara de Cascais para 2011 prevê um fundo de emergência social para responder à crise, a criação de um orçamento participativo e a revisão de alguns aspectos do funcionamento das Empresas Municipais. Embora tímidas, estas medidas aproximam-se de algumas das ideias defendidas pelo Bloco para a autarquia, motivo que justificou a abstenção bloquista na votação dos documentos.

Dezembro 2, 2010

A notícia de que a população mais carenciada de Cascais não poderá  vir a utilizar o Residência Sénior que a delegação da Costa do Estoril da Cruz Vermelha está a construir com apoio camarário, motivou um conjunto de questões do Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal. António Capucho não respondeu à interpelação bloquista.